Os melhores filmes de 2017

Os melhores filmes de 2017

O ano de 2017 contou com boas surpresas nas telonas. Para relembrá-las, o jornal “The New York Times” publicou uma lista com os melhores filmes lançados desde janeiro. A seleção foi realizada pelos críticos de cinema do veículo Manohla Dargis e AO Scott, e inclui produções cinematográficas lançadas nos Estados Unidos durante o período. Entre os títulos estão filmes de diferentes gêneros e formatos, como ação, horror e documentário.

20 vinhos para experimentar antes de morrer

20 vinhos para experimentar antes de morrer

Matéria-prima exclusiva, processos de produção rigorosos e condições únicas de amadurecimento são alguns dos fatores que propiciam a produção de vinhos de extrema qualidade. De produção limitada, eles são considerados verdadeiras experiências para o paladar. A Bula reuniu alguns desses rótulos em uma lista, com vinhos que todos deveriam experimentar antes de morrer.

Viaje sozinha ao menos uma vez e descubra um mundo gigante como agradável companhia

Viaje sozinha ao menos uma vez e descubra um mundo gigante como agradável companhia

A meu ver, nada é melhor do que a troca de experiências, nada supera a beleza das relações. Vemos no outro o espelho ou a contraposição do que somos e, através do convívio, a vida ganha significado. Não faria, portanto, a defesa da solidão em qualquer circunstância. Entretanto, olhar para dentro e encontrar ali o que tantas vezes é procurado fora é um presente que todos deveriam se dar. Ao viajar sozinha a mágica acontece. Você encontra na autonomia dos seus passos a chave para ser quem quer e viver o que pretende. Descobre que não existe o que seja poderoso o suficiente para barrar suas escolhas. E tudo isso enquanto passam pelo seu caminho pessoas que de outra forma você jamais conheceria.

A história de três escritoras judias assassinadas pelo nazismo

A história de três escritoras judias assassinadas pelo nazismo

“Neste gênero triste, que não deveria ter existido — a literatura do Holocausto —, prevalecem os grandes nomes, de homens, que se repetem de modo automático: Primo Levi, Elis Wiesel, Paul Celan e Imre Kertész… O único nome de mulher é o de Hannah Arendt, mas ela não passou pela perseguição cotidiana nem pelos campos de concentração — é uma pensadora”, sublinha a autora. A pesquisa é “uma homenagem a todas essas mulheres intelectuais de um grandíssimo nível”.

Enlouqueça! A vida é muito curta pra se viver em uma caixa

Enlouqueça! A vida é muito curta pra se viver em uma caixa

Pobres prudentes, que se resumem a preto e branco, censurando o arco-íris de seus irmãos! Pobres prudentes, que fecham os olhos ao grande mar de vida em seus próprios corações! Fossem mais insanos, dedicariam seu tempo ao precioso autoconhecimento e não a debruçar-se sobre o que lhes desinteressa. Somente um louco é capaz de mergulhar em si e questionar seu espírito com teimosia e curiosidade até compreender a fome que o move.

Entrevistas do além: Marcel Proust entrevista Paulo Francis

Entrevistas do além: Marcel Proust entrevista Paulo Francis

A Revista Bula, depois de ter adquirido em um concorrido leilão a Tábua Ouija do filme “O Exorcista”, entrou em contato sobrenatural com o próprio Marcel Proust, em carne, osso e ectoplasma, que, relembrando seus tempos de jornalista, assinou contrato exclusivo como nosso correspondente do outro lado da vida. Em reunião de pauta comandada pelo médium meio médio ligeiro Ademir Luiz decidiu-se que o primeiro entrevistado seria o jornalista e escritor Paulo Francis.

A fantástica história da Livraria Cultura

A fantástica história da Livraria Cultura

Pode-se dizer que um livro é um objeto delicioso? Creio que sim. É o caso de “O Livreiro” (Planeta, 218 páginas), de Pedro Herz, o empresário que dirige a Livraria Cultura — talvez a melhor do Brasil. Trata-se de um pequeno tesouro. Pedro Herz, de 77 anos, conta como surgiu a livraria, que tem 70 anos, e como está se processando a sua modernização. A rede conta com 17 lojas, 1,5 mil funcionários, 5 milhões de clientes e 9 milhões de produtos.

O meu tipo de mulher lava, passa e sonha em dar o fora

O meu tipo de mulher lava, passa e sonha em dar o fora

O meu tipo de mulher faz supermercado, passeata, aborto clandestino e morre de septicemia. Para piorar as coisas, na opinião dos especialistas em excomungados, vai parar direto no inferno. Tenho uma linha direta com Deus, acredite. Ele me disse que a vida é que é um inferno; os homens, uma legião de demônios.

Viver é tentar ser feliz

Viver é tentar ser feliz

Eis o mistério da vida: viver é tentar ser feliz. Nessa persistente tentativa (a constante travessia de nós mesmos, como nos contou Sidarta, de Hermann Hesse) aprendemos a aceitar o que não podemos mudar; mas, também, entendemos que, apesar das intempéries da existência, é possível fazer mais e melhor — mesmo quando tudo parecer perdido e sem esperança: “os milagres sempre acontecem na vida de cada um e na vida de todos.

Confissões pornô épicas de Reinaldo Moraes

Confissões pornô épicas de Reinaldo Moraes

Para alguns Reinaldo Moraes é o Homero com quatro olhos, para outros é uma mistura de Vinicius de Moraes com Jesse Valadão. Mas uma coisa é certa: a vida do homem é uma epopeia, ou melhor, uma “Pauliceia Desvairada”. Jogou um “Tanto Faz” no biquinho dos franceses para depois ir descascar um “Abacaxi” na Grande Maçã. De volta ao Brasil, tirou a célebre fotografia da capa do disco “Todos os Olhos”, de Tom Zé, namorou a poeta cult Ana Cristina César, escreveu novelas em parceria com Mário Prata, apresentou programas de rádio, traduziu Burroughs, Bukowski, Pynchon, Cocteau e Edmund White.

Google disponibiliza 30 mil imagens que recontam 3 mil anos de história da moda

Google disponibiliza 30 mil imagens que recontam 3 mil anos de história da moda

A moda foi responsável por verdadeiras revoluções de costumes e tradições ao longo da história. Para relembrar a sua importância, o Google Arts & Culture lançou o projeto “We wear culture”, “nós vestimos cultura” em tradução livre. Com o objetivo de “contar a história do que usamos”, a empresa reuniu coleções disponíveis em 180 instituições, espalhadas por 40 países, em um arquivo digital totalmente gratuito.

Discografia completa de Tom Waits para ouvir gratuitamente

Discografia completa de Tom Waits para ouvir gratuitamente

Os fãs de Tom Waits poderão conferir a evolução da voz singular e de personalidade intrigante do cantor, instrumentista e ator, em uma única playlist. Intitulada “Tom Waits Complete” e disponível no Spotify, ela reúne todas as músicas do artista: do primeiro álbum “Closing Time” (1973) ao último lançamento, “Bad as Me” (2011). Juntas, as faixas somam mais de 24 horas de reprodução

Jurado de morte, Roberto Saviano lança novo livro e afirma que Itália é um país cruel

Jurado de morte, Roberto Saviano lança novo livro e afirma que Itália é um país cruel

Na Itália é assim: parte dos principais mafiosos está presa, parte está livre — com negócios ilegais, como o tráfico de drogas e extorsão, e legais, como investimentos financeiros e imobiliários-construção civil — e Roberto Saviano, de 38 anos, é uma espécie de homem que vive livre e, ao mesmo tempo, é prisioneiro. A Camorra, a máfia de Nápoles, o condenou à morte. O escritor e jornalista é protegido, dia e noite, por sete carabinieri (policiais).

As 26 melhores adaptações de livros da história do cinema

As 26 melhores adaptações de livros da história do cinema

A literatura costuma ser uma fonte de inspiração fundamental para o cinema. No entanto, nem sempre essa inspiração dá bons resultados. Filmes adaptados de livros que não conseguem manter a qualidade narrativa de obras originais são uma queixa comum. Contudo, há boas e significativas exceções, como as que foram pontuadas pelo jornal britânico “The Telegraph”.

10 páginas do Facebook que todo leitor precisa conhecer

10 páginas do Facebook que todo leitor precisa conhecer

A Bula selecionou as dez melhores páginas do Facebook que se dedicam à literatura. Nelas é possível encontrar conteúdos de qualidade e ficar por dentro de tudo o que acontece no universo dos livros. É importante salientar que na seleção não foram levadas em consideração fanpages de editoras, já que estas se dedicam exclusivamente à divulgação de produtos — o que não era o objetivo em questão.

Hannah Arendt: a filósofa como poeta

Hannah Arendt: a filósofa como poeta

A faceta da judia Hannah Arendt filósofa quase militante — dotada de uma coragem intelectual excepcional, mesmo quando enfrentava o reducionismo e o vitimismo do establishment judaico — é por demais conhecida. Nascida em 1906 e falecida em 1975, é frequentemente citada em livros e reportagens e artigos de jornais de todo o mundo tal a vitalidade de suas ideias. Afirma-se que algumas de suas ideias são insight não desenvolvidos — e seu livro clássico, “Origens do Totalitarismo”, mereceu críticas de vários autores, como os judeus Bruno Bettelheim, psicanalista, e Raul Hilberg, historiador. Nos últimos tempos, nos quais dinheiro compra até amor verdadeiro, tem sido mencionada, com constância excessiva, por sua paixão pelo filósofo Martin Heidegger.

199 filmes para ver antes de morrer

199 filmes para ver antes de morrer

O site especializado em cinema “Roten Tomatoes” reuniu em uma lista 200 filmes essenciais que todo amante da sétima arte precisa assistir ao longo da vida. A seleção reúne produções de diferentes estilos e épocas. Entre as primeiras colocações, destacam-se os clássicos: “O Mágico de Oz” (1939), de Victor Fleming; “Cidadão Kane” (1941), de Orson Welles; e “O 3º Homem” (1949), de Carol Reed.

Os 10 melhores poemas de Ferreira Gullar

Os 10 melhores poemas de Ferreira Gullar

A Revista Bula pediu a leitores e colaboradores que apontassem os poemas mais significativos de Ferreira Gullar, pseudônimo de José Ribamar Ferreira. Poeta, escritor, tradutor e teatrólogo, Gullar, é considerado um dos maiores autores brasileiros do século 20 e um dos fundadores do neoconcretismo, movimento artístico que propunha uma reação ao concretismo ortodoxo.

Os 10 últimos livros vencedores do Pulitzer

Os 10 últimos livros vencedores do Pulitzer

Desde 1917, o Pulitzer concede prêmios a jornalistas, escritores, artistas e fotógrafos pela excelência de seus trabalhos. A premiação, considerada uma das mais importantes do mundo, é anual e se divide em 21 categorias. Uma delas é dedica a romances que se destacaram pela qualidade estética e também pela importância simbólica. A Bula reuniu em uma lista as últimas dez obras ganhadoras do Pulitzer na categoria.

25 livros que são diamantes para o cérebro de crianças e adolescentes

25 livros que são diamantes para o cérebro de crianças e adolescentes

Bons livros para crianças e adolescentes — a chamada literatura infanto-juvenil — são eternos e, mais, podem ser lidos por adultos com igual prazer. Muitos livros, mesmo de qualidade mediana, se tornaram clássicos. As obras de Monteiro Lobato, Alexandre Dumas, Irmãos Grimm, Ruth Rocha, Lygia Bojunga, Ana Maria Machado, H. C. Andersen não morrem jamais. São para sempre. “Meninos da Rua Paulo”, de Ferenc Mólnar, para ficar num exemplo, é um clássico universal e atemporal.

11 canções essenciais de Vinicius de Moraes

11 canções essenciais de Vinicius de Moraes

Marcus Vinicius da Cruz de Mello Moraes formou-se em direito, foi crítico de cinema, dramaturgo, poeta de rara sensibilidade ao escrever sonetos, músico e diplomata. A seu respeito, João Cabral de Melo Neto, também diplomata de carreira, certa feita afirmou: “Vinicius de Moraes poderia ter sido o maior poeta da língua portuguesa se tivesse levado a poesia a sério e não tivesse se deixado levar pela má influência da música popular”. Mesmo assim, Vinicius de Moraes é o poeta brasileiro mais traduzido para outros idiomas.

Admito: sou interno de um hospício

Admito: sou interno de um hospício

Escrevi, numa “Carpe Diem” anterior, sobre inícios clássicos de livros; hoje, como prometido, volto ao tema com outros incipit (meu jovem editor: sem variação no plural aqui, por favor). Não são exatamente “clássicos” de melhores começos de livros, mas sim, digamos, parte da minha lista maníaco-idiossincrática.

A você, hipócrita leitor, meu igual, meu irmão (por supuesto!)

A você, hipócrita leitor, meu igual, meu irmão (por supuesto!)

Há algo de muito íntimo em receber um livro com dedicatória: nestes tempos dominados pelo computador e pela pressa, ler algo escrito de próprio punho por pessoa que se estima pode ser uma experiência rara e emocionante. E há sempre o prazer de tentar descobrir novos significados naquilo que a aparente simplicidade das palavras pode ocultar por tartufice.

Sartre: o messias da filosofia

Sartre: o messias da filosofia

O francês Jean-Paul Sartre (1905-1980), o gnomo obsceno, talvez tenha sido o filósofo mais comentado e, até, lido do século 20. O que você vai ler neste texto é tão duro que dou duas dicas: há uma ampla biografia, “Sartre”, de Annie Cohen-Solal, que tem uma interpretação menos ácida e mais equilibrada do companheiro de Simone de Beauvoir, e há “Passado Imperfeito — Um Olhar Crítico Sobre a Intelectualidade Francesa no Pós-Guerra”, do historiador britânico Tony Judt.

A obra completa de Frédéric Chopin para download gratuito

A obra completa de Frédéric Chopin para download gratuito

O Musopen vem disponibilizando para download a obra completa do polonês Frédéric Chopin, considerado um dos maiores compositores clássicos de todos os tempos. As gravações foram feitas por pianistas dos mais importantes conservatórios do mundo, entre eles: Christopher Harding, Edward Neeman, Maxim Anikushin, Ilya Friedberg, Kei Takumi e Michael Chertock. Toda a obra de Chopin tem o piano como peça chave. Suas composições são consideradas repertório essencial para o instrumento.

26 livros que mudaram minha vida e podem mudar a sua

26 livros que mudaram minha vida e podem mudar a sua

A presente lista, como as listas de um modo geral, tem algo de arbitrário e aleatório. Mas na medida do possível procurei citar aqueles livros que mais fortemente me marcaram em algum momento e por isso mesmo são minhas influências mais recorrentes. É claro que influências não ocorrem apenas por admiração, mas também e, sobretudo, por antipatia. Os livros de que não gostei me influenciam, na medida em que procuro me afastar dos recursos e técnicas neles utilizados. Ative-me apenas a livros de ficção em prosa.

Os 10 melhores poemas dos últimos 200 anos

Os 10 melhores poemas dos últimos 200 anos

Pedimos aos leitores e colaboradores que apontassem, entre poemas conhecidos de autores brasileiros e estrangeiros, quais são, em suas opiniões, os melhores publicados nos últimos 200 anos. Os poemas estão classificados de acordo com o número de votos que obtiveram. O resultado não pretende ser abrangente ou definitivo e corresponde apenas à opinião das pessoas consultadas.

Os 50 melhores livros da história da literatura

Os 50 melhores livros da história da literatura

Para se chegar ao resultado fizemos uma compilação de listas publicadas por jornais, revistas e sites especializados em listas, mercado editorial e livros. O objetivo da pesquisa era identificar, baseado nestas listas, quais eram os melhores livros da história da literatura. Algumas das listas pesquisadas incluíam apenas romances, outras — livros não ficcionais. Algumas traziam apenas obras do século 20, outras — obras seminais, formadoras da cultural ocidental. Após a seleção das listas, criamos uma base de dados para que todos os livros fossem pontuados igualmente independentemente do gênero ou período em que foi escrito.

22 livros que são diamantes para o cérebro

22 livros que são diamantes para o cérebro

Livros, bons livros, são verdadeiros diamantes para o cérebro ou, se se quiser, para a alma. Aliás, até maus livros, se bem lidos, se tornam pelo menos uma vistosa bijuteria. Nesta lista, idiossincrática como qualquer outra, menciono livros que, em geral, foram editados no Brasil há alguns anos. Mas poucos estão fora de catálogo. Os que estão podem ser encontrados em sebos — caso da obra-prima “Paradiso”, romance do Lezama Lima. Quando Fidel Castro for um rodapé na história de Cuba, daqui a 55 anos, Lezama Lima permanecerá sendo lido.

A pobreza de espírito mata mais do que a pobreza material

A pobreza de espírito mata mais do que a pobreza material

Quando a porcaria da TV começou a chuviscar a imagem, a vizinhança finalmente se tocou que havia alguma coisa muito errada na Travessa dos Incautos, ali na altura da Baixa da Égua. Urubus atazanavam, pousavam robustos sobre as antenas nos telhados. A fedentina passou a ser percebida também pelo olfato humano. Muita gente pensava que o fedor provinha do ribeirão de cocô que cortava o bairro.

Os 10 melhores filmes de ação de todos os tempos

Os 10 melhores filmes de ação de todos os tempos

O jornal britânico “The Guardian” reuniu em uma lista os melhores filmes de ação de todos os tempos. A seleção foi realizada pelo jornalista e crítico de cinema Peter Bradshaw, e contempla os principais clássicos do gênero. Alguns destaques são os filmes “Intriga Internacional” (1959), do diretor Alfred Hitchcock; “Os Caçadores da Arca Perdida”(1981), de Steven Spielberg; e “O Tigre e o Dragão” (2000), de Ang Lee.

Discografia completa de Neil Young para ouvir gratuitamente

Discografia completa de Neil Young para ouvir gratuitamente

A discografia do cantor canadense Neil Young foi disponibilizada para acesso gratuito no site “Neil Young Archives”. Além dos 39 álbuns produzidos durante os 50 anos de carreira do artista, o arquivo também inclui alguns filmes inéditos. De acordo com Young, em entrevista ao site “Open Culture”, o objetivo é “criar um documento vivo, em constante evolução”.

E se existisse um botão para resolver qualquer problema?

E se existisse um botão para resolver qualquer problema?

De repente, aquela pessoa adentra em seu post do Facebook. Lança nos comentários um GIF gigantesco, de péssimo gosto e aquilo tira a atenção do seu texto, destruindo toda a graça. Ok, você poderia bloqueá-lo. Contudo, o ideal seria contar com uma tecla no computador que impedisse a entrada de tipos sem noção assim em sua timeline. Sem dúvida, algo bem mais prático e clean, convenhamos.

Seis mil livros infantis raros para leitura online gratuita e impressão

Seis mil livros infantis raros para leitura online gratuita e impressão

Os livros infantis começaram a ser amplamente publicados a partir do século 18. Em meados do século seguinte, eles se diversificaram e foram inovados, resultando no que é conhecido como a “era vitoriana” da literatura infantil. A University of Florida possui um acervo com milhares de títulos datados da época. Seis mil deles foram digitalizados e disponibilizados para download gratuito.